texto inicial

MINHA ESPADA, A PALAVRA...
MEU ESCUDO,A FÉ!
MINHA VIDA, O BOM COMBATE
MEU CAMPO DE BATALHA, AQUI...



"Ainda que teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos,como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão."...
(Saint-Exupéry)


.

“E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as”.

Efésios cap 5 vers. 11

.ptitanic

.ptitanic

13 DE MAIO

HOJE, 13 DE MAIO
LOUVADO SEJA O
DIA DE NSA. SENHORA DE FÁTIMA!
CUJOS AVISOS CONTRA COMUNISMO NO MUNDO DADOS EM 1917 FORAM BEM CLAROS E SE EFETIVARAM DE FATO.
DAMOS GRAÇAS A TÍ MARIA POR TER LIVRADO O BRASIL DO PETISMO COMUNISTA DELINQUENTE E QUE COM SUA DIVINA PROTEÇÃO NUNCA MAIS VOLTARÁ A NOS AMEAÇAR NOVAMENTE.

quarta-feira, 1 de setembro de 2010

HOLODOMOR,GENOCIDIO COMUNISTA!






Holodomor, (com base em duas palavras ucranianas: holod - 'fome, fome, fome,' e Stálin-' para induzir sofrimento, para matar'), foi um ato de genocídio contra o povo ucraniano cometido pelo regime comunista soviético em 1932-33.
No início dos anos 1930, no coração da Europa - uma região considerada celeiro da Europa - o regime comunista de Stalin cometeu um ato terrível de genocídio contra mais de 17 milhões de ucranianos. Uma nação antiga de agricultores foi submetida à fome, uma das formas mais cruéis da tortura e morte. O território da Ucrânia Soviética e a região de Kuban predominantemente ucraniano povoadas do Norte do Cáucaso (Rússia Soviética) foram isolados por unidades comunistas armadas, para que as pessoas não poderem ir em busca de alimento em regiões vizinhas soviéticas onde era mais prontamente disponível. O resultado foi o genocídio ucraniano de 1932-33, conhecido em ucraniano como o Holodomor, ou extermínio pela fome
• Ao mesmo tempo o regime soviético exportava a preço baixo, 1,7 milhões de toneladas de grãos PARA mercados ocidentais.Alimentavam os “capitalistas” enquanto o povo ucraniano e russo era eliminado pela Fome assassina de Stalin.
• A fome foi projetada pelo regime soviético para eliminar o nacionalismo Ucraniano e exterminar a maioria de sua população nacional.
• A escalada da fome, os aldeões ucranianos estavam morrendo à taxa de:

17 por minuto,
1000 por hora,
25000 por dia
Total 17 milhões!!!




Com o seu cortejo de violências, de torturas e de chacinas pela fome, o Holodomor constituiu uma enorme regressão civilizacional. Assistiu-se à proliferação de déspotas locais, dispostos a tudo, para extorquir aos camponeses as suas escassas reservas alimentares e à banalização da barbárie, que se traduziu em violencia, abusos de autoridade, banditismo, abandono infantil, "barracas da morte", canibalismo e agravamento das persiguições politicas.
Apesar da herança do Holodomor apresentar similitudes com as de outras regiões da União Soviética – a "arma da fome" esmagou a resistência camponesa, garantindo a vitória de stalin e do seu regime totalitário; abriu o caminho para a vaga de terror de 1937-1938 (o "Grande Terror"); transformou o estado federal soviético num império despótico, através da submissão da segunda república mais importante; deixou um legado de morte e dor em numerosas famílias que nunca tiveram direito a expressar o luto, porque a fome se converteu em segredo de Estado – na Ucrânia, as suas marcas físicas e psicológicas foram bastante mais profundas e traumatizantes.Com efeito, na óptica do regime soviético, os camponeses não eram os únicos culpados da crise, partilhando a responsabilidade com a elite política e cultural ucraniana.E para que esta resolução fosse duradoura, procedeu à eliminação das elites ucranianas e das suas políticas, suspeitas de conivência com os camponeses. Stalin , o maior genocida da humanidade exterminou em 3 anos. pela fome, 17 milhões na Ucrania isso é muito mais do que Hitler fez em toda a II guerra mundial.
Aqui nosso LulaStalin já vai com records de 50.000 assassinatos por ano vitimas da falta de Segurança Publica,o que dá 400.000 em 8 anos, sem contabilizar as centenas de milhares de vitimas mortas por FALTA DE ATENDIMENTO HOSPITALAR ADEQUADO, DOENÇAS ERRADICAVEIS NÃO TRATADAS COMO DENGUE, FEBRE AMARELA,MALÁRIA, VITIMAS MORTAS AOS MILHÕES EM ACIDENTES DE TRANSITO POR ESTRADAS SEM MANUTENÇÃO OU FISCALIZAÇÃO.. O EXTERMINIO DO POVO BRASILEIRO É CAMUFLADO SE CONFUNDE COM “COISAS DO COTIDIANO’ MAS NA REALIDADE A ARMA DO CRIME É A INTENCIONAL OMISSÃO DO ESTADO QUE PERMITE QUE ESTAS MORTES (EVITAVEIS) ACONTEÇAM E ACONTECEM POR PURO DESMANTELAMENTO DO ESTADO PELA AÇÃO DELINQUENTE E CORRUPTA DA BANDALHEIRA DESGOVERNANTE DE LULA DA SILVA E DAS SUAS GANGS DE FACINORAS QUE SÃO SEUS COMPARSAS NESTE EXTERMINIO E DESMONTE DA NAÇÃO BRASILEIRA. LULA É NOSSO HOLODOMOR!

Um comentário:

SOS DIREITOS HUMANOS disse...

DENÚNCIA: SÍTIO CALDEIRÃO, O ARAGUAIA DO CEARÁ – UMA HISTÓRIA QUE NINGUÉM CONHECE PORQUE JAMAIS FOI CONTADA

“As Vítimas do Massacre do Sítio Caldeirão
têm direito inalienável à Verdade, Memória,
História e Justiça!” Otoniel Ajala Dourado

O MASSACRE DELETADO DOS LIVROS DE HISTÓRIA

No município de CRATO, interior do CEARÁ, BRASIL, houve um crime idêntico ao do “Araguaia”, foi a CHACINA praticada pelo Exército e Polícia Militar em 10.05.1937, contra a comunidade de camponeses católicos do SÍTIO DA SANTA CRUZ DO DESERTO ou SÍTIO CALDEIRÃO, cujo líder religioso era o beato “JOSÉ LOURENÇO GOMES DA SILVA”, paraibano negro de Pilões de Dentro, seguidor do padre CÍCERO ROMÃO BATISTA, encarados como “socialistas periculosos”.

O CRIME DE LESA HUMANIDADE

O crime iniciou-se com um bombardeio aéreo, e depois, no solo, os militares usando armas diversas, como metralhadoras, fuzis, revólveres, pistolas, facas e facões, assassinaram na “MATA CAVALOS”, SERRA DO CRUZEIRO, mulheres, crianças, adolescentes, idosos, doentes e todo o ser vivo que estivesse ao alcance de suas armas, agindo como juízes e algozes. Meses após, JOSÉ GERALDO DA CRUZ, ex-prefeito de Juazeiro do Norte/CE, encontrou num local da Chapada do Araripe, 16 crânios de crianças.

A AÇÃO CIVIL PÚBLICA PROPOSTA PELA SOS DIREITOS HUMANOS

Como o crime praticado pelo Exército e Polícia Militar do Ceará é de LESA HUMANIDADE / GENOCÍDIO é IMPRESCRITÍVEL conforme legislação brasileira e Acordos e Convenções internacionais, a SOS DIREITOS HUMANOS, ONG com sede em Fortaleza – CE, ajuizou em 2008 uma Ação Civil Pública na Justiça Federal contra a União Federal e o Estado do Ceará, requerendo: a) que seja informada a localização da COVA COLETIVA, b) a exumação dos restos mortais, sua identificação através de DNA e enterro digno para as vítimas, c) liberação dos documentos sobre a chacina e sua inclusão na história oficial brasileira, d) indenização aos descendentes das vítimas e sobreviventes no valor de R$500 mil reais, e) outros pedidos

A EXTINÇÃO SEM JULGAMENTO DE MÉRITO DA AÇÃO

A Ação Civil Pública foi distribuída para o Juiz substituto da 1ª Vara Federal em Fortaleza/CE e depois, para a 16ª Vara Federal em Juazeiro do Norte/CE, e lá em 16.09.2009, extinta sem julgamento do mérito, a pedido do MPF.

RAZÕES DO RECURSO DA SOS DIREITOS HUMANOS PERANTE O TRF5

A SOS DIREITOS HUMANOS apelou para o Tribunal Regional da 5ª Região em Recife/PE, argumentando que: a) não há prescrição porque o massacre do SÍTIO CALDEIRÃO é um crime de LESA HUMANIDADE, b) os restos mortais das vítimas do SÍTIO CALDEIRÃO não desapareceram da Chapada do Araripe a exemplo da família do CZAR ROMANOV, que foi morta no ano de 1918 e a ossada encontrada nos anos de 1991 e 2007;

A SOS DIREITOS HUMANOS DENUNCIA O BRASIL PERANTE A OEA

A SOS DIREITOS HUMANOS, como os familiares das vítimas da GUERRILHA DO ARAGUAIA, denunciou no ano de 2009, o governo brasileiro na Organização dos Estados Americanos – OEA, pelo DESAPARECIMENTO FORÇADO de 1000 pessoas do SÍTIO CALDEIRÃO.

QUEM PODE ENCONTRAR A COVA COLETIVA

A “URCA” e a “UFC” com seu RADAR DE PENETRAÇÃO NO SOLO (GPR) podem localizar a cova coletiva, mas não o fazem porque para elas, os fósseis de peixes do “GEOPARK ARARIPE” são mais importantes que as vítimas do SÍTIO CALDEIRÃO.

A COMISSÃO DA VERDADE

A SOS DIREITOS HUMANOS em julho de 2010 passou a receber apoio da OAB/CE pelo presidente da entidade Dr. Valdetário Monteiro, nas buscas da COVA COLETIVA das vítimas do Sítio Caldeirão, e continua pedindo aos internautas divulguem a notícia, bem como a envie para seus representantes no Legislativo, solicitando um pronunciamento exigindo do Governo Federal a localização da COVA COLETIVA das vítimas do SÍTIO CALDEIRÃO.

Paz e Solidariedade,

Dr. Otoniel Ajala Dourado
OAB/CE 9288 – 85 8613.1197
Presidente da SOS – DIREITOS HUMANOS
Editor-Chefe da Revista SOS DIREITOS HUMANOS
Membro da CDAA da OAB/CE
www.sosdireitoshumanos.org.br
sosdireitoshumanos@ig.com.br
http://revistasosdireitoshumanos.blogspot.com

Real Time Web Analytics