texto inicial

MINHA ESPADA, A PALAVRA...
MEU ESCUDO,A FÉ!
MINHA VIDA, O BOM COMBATE
MEU CAMPO DE BATALHA, AQUI...



"Ainda que teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos,como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão."...
(Saint-Exupéry)


Oração ao Espirito Santo

oraçao.

Fonte desta tão poderosa oração: O blog do meu amigo Ferra Mula

.

“E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as”.

Efésios cap 5 vers. 11

.ptitanic

.ptitanic

13 DE MAIO

HOJE, 13 DE MAIO
LOUVADO SEJA O
DIA DE NSA. SENHORA DE FÁTIMA!
CUJOS AVISOS CONTRA COMUNISMO NO MUNDO DADOS EM 1917 FORAM BEM CLAROS E SE EFETIVARAM DE FATO.
DAMOS GRAÇAS A TÍ MARIA POR TER LIVRADO O BRASIL DO PETISMO COMUNISTA DELINQUENTE E QUE COM SUA DIVINA PROTEÇÃO NUNCA MAIS VOLTARÁ A NOS AMEAÇAR NOVAMENTE.

MUSIC

sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Agora chega! Celso de Mello passa da conta, confunde liberdade de crítica com pressão indevida e fala bobagem. Ou: No país em que é permitido marchar até em favor do crime, será proibido escrever em favor da lei?

  

 

O ministro Celso de Mello, decano do Supremo Tribunal Federal (STF), resolveu soltar os cachorros — com a devida vênia por empregar uma metáfora quadrúpede — contra o que está a chamar de “pressão ostensiva para subjugar um juiz”. Deu declarações, vamos dizer, insólitas a um jornal de Tatuí e à colunista Mônica Bergamo, da Folha. Já chego lá. Vamos a algumas considerações prévias — sim, longas, como de costume.
Que bom que Celso de Mello, nesta página, nunca esteve acima do bem e do mal, nunca foi considerado um demiurgo, jamais foi tratado como alguém de quem não se pudesse discordar. Como sabem os leitores — e aí estão os arquivos, como sempre —, todas as vezes em que concordei com ele, escrevi “sim”; quando discordei, escrevi “não”. Deu votos memoráveis no processo do mensalão? Deu, sim! Equivocou-se de maneira brutal, por exemplo, no caso das Marchas da Maconha? Sim. E eu o critiquei por isso. Por quê? Porque o ministro exaltou, num tom verdadeiramente condoreiro, a liberdade de expressão para permitir o que, de fato, se revela apologia de um crime, o que também é crime, segundo o Código Penal. Como ninguém atribuiu a Mello — nem a seus pares — competência para legislar, achei que não lhe cabia ignorar o Código Penal. QUEM CONSIDERA APOLOGIA DO CRIME LIBERDADE DE EXPRESSÃO AINDA ACABARÁ CONFUNDIDO A LIBERDADE DE EXPRESSÃO COM UM CRIME. Entenderam?
E eu bati, sim. Fui respeitoso, como de hábito, mas duro, como de hábito também. E não economizei elogios quando achei que devia. Eu não concordo com Celso de Mello, nem com qualquer outro, em princípio. Concordo quando concordo — uma tautologia necessária nos dias que correm. Pois bem. Não havia gostado, como observei aqui, no debate da VEJA e no programa Roda Viva, do tom do voto do ministro no caso dos embargos infringentes. Fugindo à sua lhaneza habitual, estava um tanto colérico, bravo, cuidando menos da fundamentação técnica de seu voto — eu não considero suas digressões históricas, nem sempre pertinentes, fundamento técnico — do que da desqualificação dos votos divergentes. Então os outros cederam apenas ao clamor das ruas? Então os outros não cuidaram do devido processo penal? Então os outros não reconheciam o pleno direito de defesa? Ora… Mais respeito com seus colegas, excelência!
Mais: em seu voto, fez digressões absolutamente impertinentes — é isto: não sou advogado, jurista, nada, e sustento a impertinência (quanto atrevimento me garante a liberdade de expressão; eu, que só fumo Hollywood) — sobre os infringentes e o duplo grau de jurisdição. Não precisei esperar o julgamento para combater esse argumento tolo. Eu o fiz aqui, felizmente, com todas as letras, no dia 23 de abril. Faz cinco meses. O título do post: “O equívoco de Celso de Mello e o esforço da tropa de Dirceu para desmoralizar ministros do Supremo”. Escrevi lá (em azul):
Ao defender que os embargos infringentes são cabíveis, afirmou, leio na coluna “Radar”, de Lauro Jardim, que eles funcionam como uma espécie de duplo grau de jurisdição. Os condenados do mensalão que não exerciam cargos públicos alegam que não tiverem esse direito porque seus processos não foram remetidos para a primeira instância. Sempre que a lógica é frontalmente agredida, o troço fica aqui dando pontadas no meu cérebro, e me vejo obrigado a exercitar a discordância, nem que esteja do outro lado o papa e que se trate de matéria teológica. Celso de Mello é quase um papa no Supremo, e eu sou apenas um fiel seguidor das leis, mas acho que ele agrediu a lógica.
Se se trata, então, de ignorar a Lei 8038 (ver post anterior), admitindo os embargos infringentes como expressão do segundo grau de jurisdição, cumpriria indagar por que tal “direito” só será garantido a alguns réus, mas não a outros. “Ah, porque eles tiveram os quatro votos divergentes.” Mas isso nada tem a ver com o duplo grau de jurisdição; trata-se apenas de matéria regimental, já vencida pela lei. O argumento é ruim; não se sustenta. Ou bem se considera o Artigo 333 do Regimento Interno (o que prevê embargos infringentes) em sua área restrita, ou bem se tenta extrapolar, e, nesse caso, cumpriria, então não fazer justiça seletiva. Infelizmente, a especulação de Celso de Mello abre uma vereda para os chicaneiros acusarem todo o processo de ter sido uma farsa. Cumpre lembrar que o próprio ministro recusou as tentativas de desmembramento, o que implicaria enviar os casos dos réus sem cargos públicos para a primeira instância. Ou bem se considera que o Supremo agiu dentro da lei (e agiu) quando o manteve unificado, ou bem se considera que não. Trata-se de um mau argumento de um bom homem.
Retomo
“E quem é você para apontar o equívoco de Celso de Mello?” Ora, sou alguém com direito de marchar em favor da maconha — licença que ele me deu, de que me dispenso — e alguém com direito de apontar os equívocos de Celso de Mello, licença que a Constituição me dá.
Ainda mais quando não estou sozinho. Nunca exerci aqui o “argumento de autoridade”, até porque não poderia. Deixo isso para os doutores. Faço, a exemplo da imprensa honesta — que não está a serviço de um partido —, o debate.
Muito bem! Para o jornal de Tatuí, Mello disse o seguinte: “Há alguns que ainda insistem em dizer que não fui exposto a uma brutal pressão midiática. Basta ler, no entanto, os artigos e editoriais publicados em diversos meios de comunicação social (os “mass media’) para se concluir diversamente! É de registrar-se que essa pressão, além de inadequada e insólita, resultou absolutamente inútil”.
Eita! Não se chama imprensa de “mass media”, acho, desde os tempos em que professores de comunicação caceteavam os alunos com McLuhan — espero que já tenham mudado de assunto, se é que ainda se fala de livros em curso de jornalismo, sei lá… Desde quanto “artigos e editoriais” caracterizam “pressão insólita e inusitada”? Digam-me cá: os artigos e editoriais da subimprensa financiada por estatais e por gestões petistas — DINHEIRO PÚBLICO NA VEIA — em favor da aceitação dos infringentes entram nessa categoria? Os elogios rasgados que Celso de Mello recebeu — num deles, a imagem de Joaquim Barbosa aparecia associada a um macaco — depois do voto merecem também essa qualificação?
Ao conversar com a jornalista da Folha, Mello resolveu avançar. Leiam:
“Eu imaginava que isso [pressão da mídia para que votasse contra o pedido dos réus] pudesse ocorrer e não me senti pressionado. Mas foi insólito esse comportamento. Nada impede que você critique ou expresse o seu pensamento. O que não tem sentido é pressionar o juiz.”
Então, agora, a excelência se obriga a distinguir a “liberdade de expressão” — que, a seu juízo, entendo eu, abriga até a apologia do crime — da “pressão”. Quem o pressionou, ministro? Supõe-se que aquele que o faz disponha de instrumentos para tanto. Quais?
A queixa de Celso de Mello à coluna da Folha é longa. E ele jamais diz em que momento a liberdade de expressão passou à condição de pressão. Aí, julgando que já tinha batido bastante na ferradura, resolveu acertar ao menos uma no cravo. Tentando ser magnânimo, falou uma bobagem. Prestem atenção:
“Os meios de comunicação cumprem o seu dever de buscar, veicular informação e opinar sobre os fatos. Exercem legitimamente função que o STF lhes reconhece. E o tribunal tem estado atento a isso. A plena liberdade de expressão é inquestionável.”
Errado, ministro!
O STF não nos “reconhece” nada, meu senhor! A liberdade de expressão é uma conquista da democracia, que encontra abrigo na Constituição da República Federativa do Brasil. Eu não sou livre para dizer o que penso porque o tribunal “reconhece” o que quer que seja; sou livre porque é o que está disposto nos Artigos 5º e 220 da Carta Magna, ora bolas!
Mello quer saber o que é pressão?
Mello sabe o que escreve a “mídia petista” sobre os cinco ministros que recusaram os infringentes? Pior! Ela o faz, insisto no ponto, com dinheiro público. Não deixa de ser uma espécie de mensalão, exercido por outros meios. É isto: ESTATAIS E GOVERNO PAGAM UM MENSALÃO A ESSES VEÍCULOS PARA QUE ELES:
a) falem bem do governo;
b) falem mal da oposição;
c) ataquem a imprensa livre;
d) ataquem os ministros do STF que não fazem as suas vontades.
O próprio Celso de Mello foi alvo das baixarias quando decidiu que cabia ao Supremo a decisão sobre o mandato dos parlamentares condenados.
Pressão vagabunda, ilegal e inaceitável foi a que fez uma revista, com amplo financiamento oficial, ao acusar, por exemplo, o ministro Gilmar Mendes de estar numa lista de beneficiários do esquema de Marcos Valério. A peça indigna veio a público uma semana antes do início do julgamento. Dias depois, a evidência: a lista era falsa, produto do trabalho sujo de um conhecido lobista e estelionatário. Celso de Mello não ficou indignado? Incomoda-se agora com editoriais? Ora, ministro…
Concluindo
No dia 18, escrevi um longo e respeitoso artigo sobre o voto de Celso de Mello. Dizia por que discordava dele, mas notava:
“À diferença do subjornalismo a soldo, financiado por estatais e por aliados do governo federal para atacar jornalistas, juízes e políticos da oposição, sei a diferença entre a divergência e a pura e simples desqualificação. Assim, não me divorcio do respeito que nutro por Celso de Mello”.
Aquelas minhas palavras continuam valendo. Por esse Celso de Mello, no entanto, que passou a choramingar porque foi criticado; por esse Celso de Mello, que toma divergência por “pressão insólita”; por esse Celso de Mello, que classifica de “irracionais” os que dele discordam; por esse Celso de Mello, que ignora as pressões exercidas pela imprensa oficialesca contra seus colegas; por esse Celso de Mello, que finge ignorar que réus (então)



como José Dirceu e João Paulo Cunha fizeram até plenárias Brasil afora para demonizar o STF, ah, meus caros, por esse Celso de Mello, não tenho respeito nenhum! 
O ministro se aposenta em novembro de 2015. Já fez menção de antecipar a saída. Àquele outro, que não confunde divergência com agressão, recomendei: “Fica!”. A este, que diz prezar a liberdade de expressão desde que ela não seja plenamente exercida, digo “Vai!”.
PS – Não custa notar: ao decano, caberia, dadas as circunstâncias, desarmar os espíritos, investir na concórdia, afastar o confronto. Por alguma misteriosa razão — pode até ser só vaidade —, ele faz o contrário. 
Por Reinaldo Azevedo
http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/

Excelente texto ,irretocável!
Do Mestre Reinaldo. insuperável!

terça-feira, 24 de setembro de 2013

RACISTAS DO PT ATACAM PRES.JOAQUIM BARBOSA!


 

EIS AÍ O EFEITO IMEDIATO DO VOTO DA IMPUNIDADE  DE CELSOMERDA DO SUPREMO CARTÓRIO PETISTA, A CANALHA DE DELINQUENTES ATACOU VIOLENTAMENTE  COM EXTREMO   ÓDIO E RACISMO O EXCELENTÍSSIMO PRES. JOAQUIM BARBOSA ATRAVES DO BLOG DA DILMA EM POST ASSINADO PELO FAMIGERADO  PETRALHA GREENHARGH,ADVOGADO DOS ASSASSINOS DE CELSO DANIEL...
CUJO TEXTO CONTEM
FOTO EM QUE EQUIPARA JOAQUIM BARBOSA A UM CHIMPANZÉ!!!

 

 UMA BARBARA AGRESSÃO RACISTA DOS COMUNISTAS CUJA ESPECIALIDADE É DENEGRIR A IMAGEM PUBLICA DE PESSOAS DECENTES COM INFÂMIAS, ATAQUES PERVERSOS DE TODOS OS TIPOS QUE SÓ COMPROVAM A SUA TORPEZA E BAIXA EXTRAÇÃO SOCIAL DESTES CANALHAS COMUNISTAS QUE  JÁ TEM UM SALDO DE MAIS DE 100 MILHÕES DE ASSASSINATOS E A CADA DIA AUMENTA MAIS... E AQUI COM O VOTO DA IMPUNIDADE, VOTO “CARTA BRANCA” DADA POR CELSOMELA AOS FAMIGERADOS DELINQUENTES COMUNISTAS QUE OS LIBEROU GERAL PARA  ATACAREM,MATAREM TUDO E TODOS SEM MEDO DA LEI E DA PUNIBILIDADE!!!
COMEÇARAM ATACANDO O PRESIDENTE DO SUPREMO!!! E DESSA MANEIRA??? IMAGINEM O QUE VIRÁ LOGO,LOGO EM SEGUIDA!

E O PIOR O PRES.JOAQUIM BARBOSA NÃO REAGIU!!!! NEM TAMPOUCO O NOVO PROCURADOR GERAL DA REPUBLICA
- POR PREVARICAÇÃO???
-POR MEDO???
-POR AMEAÇAS???
-POR SABER QUE É INUTIL, NINGUEM OS PUNIRÁ POIS O VOTO DO CELSO GARANTIU A IMPUNIDADE NO BRASIL.  ASSIM A LEI AGORA É DO  PT.
ISSO É SÓ O COMEÇO , VIU CELSO DE MELO? ESPERE O QUE O PT VAI APRONTAR COM VOCÊ ,COM AS NOSSAS  VIDAS E LIBERDADES.

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

MELO,ANIQUILA O STF E DÁ FIM AO BRASIL DECENTE!






Celso de Melo acaba de entrar para a LATA DE LIXO da historia nacional juntamente com a imunda corja de canalhas que dominam pelo CRIME o nosso Brasil.
O seu vexaminoso,vergonhoso voto foi a  mais abjeta,cínica e hipócrita DEFESA descarada e sem vergonha de um  bando de GOLPISTAS DELINQUENTES a serviço de uma quadrilha aboletada no poder.
O Saulo Ramos em sua obra literária o qualificou como “ UM MERDA!” e hoje com essa qualificação FICOU  CONHECIDO AGORA COMO O SINISTRO “MELOMERDA”.
QUALIFICAÇÃO MERECIDA que ele  assumiu diante de milhões de brasileiros decentes que assistiram na TV JUSTIÇA,  NO SEU VOTO A FAVOR DA INFAMIA E DA IMPUNIDADE! DECRETANDO  ASSIM O FIM DA JUSTIÇA BRASILEIRA, O FIM DO BRASIL DECENTE...perpretado pela ultima punhalada bolivariana desferida TRAIÇOEIRAMENTE por este ignóbil sinistro que mostrou-se tal como seu comparsa sinistro Borroso “incomodado” com a opinião publica e abertamente ,de forma arbitraria , declararam acintosamente que NÃO SE IMPORTAVAM COM O CLAMOR DAS RUAS...”
MAS QUAL É O BOLIVARIANO COMUNISTA QUE SE IMPORTA COM O CLAMOR DAS RUAS???
MELOMERDA, O QUE SE LAMBUZOU NA SARJETA DA PERFÍDIA E DA INFAMIA DIVAGOU PELO ARCAICO JURIDICO CITANDO  O ORDENAMENTO JURIDICO DE 1609!!!
AS ORGANIZAÇÕES “FILIPINAS”, CITOU UM TAL DE PROF. MENDES DE 1911!!! CASCAVILHOU AS ANTIGAS E EXTINTAS CONSTITUIÇÕES,PIOR !! DESPREZOU O QUE É ATUAL E VIGENTE , A LEI 8038/90,ASSIM DESPREZOU A HIERARQUIA JURIDICA, ZOMBOU DO LESGISLATIVO DIZENDO QUE “A LEI ERA INVALIDA” MAS É A  QUE ESTÁ SENDO APLICADA PELOS TRIBUNAIS SUPERIORES E ASSIM FOI ENTENDIDA POR 5 LUMINARES DO STF  TAIS COMO MARCO AURELIO DE MELO,GILMAR MENDES , CARMEM LUCIA E COM TANTAS CASCATAS SEBOSAS  CITADAS INCLUINDO A “CARTA DE SÃO JOSÉ”, “CARTA DOS DIREITOS HUMANOS” ETC QUE NADA TEM A VER COM  A VALIDADE EXTINTA DE EMBARGOS INFRINGENTES DO STF...VOTOU A FAVOR DOS CONDENADOS POR ELE MESMO...(PARADOXAL AO EXTREMO!!!)...
TANTAS ABERRAÇÕES ,TUDO PARA DEFENDER OS E.I E ATENDER OS “PODEROSOS “ MENSALEIROS E SEU DONO LULLACORLEONE.
 FEZ UM DISCURSO ATABOLHADO QUASE GRITANDO,ESMURRANDO A MESA, PARA ENGANAR A TODOS E A PRINCIPALMENTE ENGANAR A SUA POBRE CONSCIENCIA.
E ACHAR QUE ESSA “FUNDAMENTAÇÃO” LIVRARIA SUA CARA...
NÃO LIVROU NÃO!
CELSO DE MELO AGORA ESTÁ INSCRITO NA GALERIA DA INFAMIA DOS LACAIOS SERVIÇAIS ADULADORES E BAJULADORES DOS DELINQUENTES PETRALHAS.
QUERO VER SUA CARA AO ENTRAR EM LUGARES PUBLICOS,AVIÕES, ETC, SEM SER NO MINIMO, DESPREZADO OU ENTÃO, QUE SERÁ DE PRAXE, VAIADO!

Não adianta mais discutir o mérito do e.i ,os 5 votos contra os “infrigentes” especialmente o mais elucidativo da douta ministra Carmem Lucia que  fundamentou brilhantemente seu voto afirmando o seguinte:
“SE NÃO PODEMOS NEM ACEITAMOS OS EMBARGOS INFRINGENTES NOS COLEGIADOS DO STJ, PORQUE ENTÃO PODERIAMOS ACEITAR AQUI NO STF ???” E MAIS ADIANTE: “ENTÃO DEVEMOS REVER TODAS AS DECISÕES E SENTENÇAS ANTERIORES PARA BENEFICIAR DA MESMA MANEIRA OUTROS RÉUS COMO O DEPUTADO DONADON”
Voto este ,um dos mais sábios e coerente, mais justo do que isso,impossível!!!
O VOTO DO MELOMERDA DECRETOU A IMPUNIDADE SEM FIM PARA  A CORJA COMUNISTA ,DECRETOU O FIM DA SEGURANÇA JURÍDICA! O FIM DA CONFIANÇA  NO STF QUE AGORA NADA MAIS É  QUE UM MERO CARTÓRIO HOMOLOGADOR DAS VONTADES DO  PT E SEUS ASSECLAS. COM UMA MAIORIA DE JUÍZES NOMEADOS PELO PT E ASSIM PORTANTO SEUS OBEDIENTES RÉLES EMPREGADINHOS E VASSALOS ORDINÁRIOS!

POREM A MAIOR GRAVIDADE DO VOTO DA INSENSATEZ,DA TRAIÇÃO DE MELOMERDA É A CARTA BRANCA QUE ELE DÁ AOS DELINQUENTES COMUNISTAS DO PT PARA AVANÇAR AGORA SEM NENHUMA RESISTENCIA DE NENHUMA INSTITUIÇÃO DE ESTADO(FFAA JÁ SUCUMBIRAM E CAPITULARAM) E  SEM MEDO DE PERDER PRA NADA! RUMO A INSTAURAÇÃO DE UM REGIME DITADORIAL COMUNISTA .
A JUSTIÇA DO ESTADO DE DIREITO MORREU, FOI LITERALMENTE ESQUARTEJADA E ENTERRADA COM O VOTO VIL DESTE SENHOR ,VAIDOSO E POMPOSO QUE NÃO RESISTIU AOS  SIBILOS PECAMINOSOS E DELETERIOS DA SERPENTE COMUNISTA TRAVESTIDA DE PT.
AGORA É JUSTIÇA COMUNISTA PRÁ VALER,É SÓ VER O QUE ELA JÁ ERA E É, A JUSTIÇA DO TRABALHO... TODOS ABSOLUTAMENTE TODOS OS JUIZES TRABALHISTAS SÃO COMUNISTAS OU SIMPATIZANTES DO COMUNISMO, ENCARAM O EMPRESÁRIO COMO UM
---“INIMIGO DO POVO”--- MASSACRAM IMPIEDOSAMENTE  A ATIVIDADE ECONOMICA ATENDENDO, NA MAIORIA DAS VEZES , FALSAS QUEIXAS TRABALHISTAS E ASSIM ARRUINANDO PEQUENOS E MÉDIOS EMPREENDIMENTOS.
A PERSEGUIÇÃO A ATIVIDADE ECONOMICA  PELOS FISCAIS,PROMOTORES E JUIZES DO TRABALHO REVELAM O COMUNISMO SELVAGEM ENRUSTIDO QUE HÁ NO BRASIL E AGORA COM O VOTO CANALHA
DO SINISTRO INFAME   PODEMOS DIZER COM TODA A CERTEZA QUE HOJE  A

CONSTITUIÇÃO FEDERAL  DE 1988 FOI ULTRAJADA E RASGADA E QUE A REPUBLICA FEDERATIVA DO BRASIL ACABOU. A JUSTIÇA AGORA É A DO “ACHISMO” DA HORA, VALE O QUE O COMUNISTA PETRALHA “COMISSARIO DO POVO” DA ESQUINA DE PLANTÃO ACHAR , OS TRIBUNAIS POPULARES SÚMARIOS VÃO SURGIR JÁ,JÁ! E O BOM DISSO É QUE VÃO  TOMAR O LUGAR DOS JUIZES BURGUESES DESLUMBRADOS COM A ESQUERDA... VÃO PERDER AS BOQUINHAS E AINDA VÃO PASSAR DE JUIZES A “INIMIGOS DO POVO” LOGO,LOGO!...
A NOITE MAIS NEGRA DA NOSSA HISTORIA SE ABATEU SOBRE NÓS E VAMOS DORMIR HOJE SOB A ÉGIDE DE UM REGIME COMUNISTA DA NOVA REPUBLICA SÓVIÉTICA DO BRASIL.

SÓ RESTA AOS BRASILEIROS DECENTES A SAÍDA DO BRASIL OU ABRAÇAR A RESISTENCIA POR TODOS OS MEIOS A ESTE GOLPE TÃO LONGAMENTE ANUNCIADO E ALERTADO POR MUITOS DE NÓS E QUE HOJE SE CONSUMOU SEM RESISTÊNCIAS...
O TRIUNFO DA MALDADE É PASSAGEIRO E PARA ESSES MALDITOS SERES TRAIÇOEIROS,
 A LUZ DA VERDADE E O VERBO DE DEUS PAI SÃO PODERES E JUSTIÇA  ETERNOS  E OS FARÁ CAIR ,SERÃO DESTRUÍDOS!!
ASSIM CAIRÁ COMO SEMPRE CAÍRAM...
TODAS AS TIRANIAS E DITADURAS  DESDE QUE O MUNDO EXISTE, ELAS CAEM MAIS CEDO OU MAIS TARDE .
HOJE CELSO DE MELO ,CONSAGROU A IMPUNIDADE E ENTREGOU O BRASIL A CANALHA COMUNISTA.AMANHÃ ELE ESTARÁ NO OSTRACISMO ,DESPREZADO E QUIÇÁ MESMO SERÁ PERSEGUIDO PELA SANHA DOS COMUNISTAS QUE ELE ORA FACILITA SUA DELINQUENCIA GOLPISTA, SOLAPADORA DE TODAS AS LIBERDADES INCLUSIVE A DELLE.

P.S QUANTO OU O QUE ESSE IGNÓBIL GANHOUI COM ESSA TRAIÇÃO???

QUANTO???  SERÁ QUE FOI 1 BORROSO SEM LICITAÇÃO? OU 2 OU 3 BORROSOS MAIS??? JUDAS TRAIU  APENAS  POR 30 MOEDAS DE OURO...

OU O BRASIL DOS BRASILEIROS OU O PUTEIRO COMUNISTA DO PT!




 

Celso de Mello decidirá se na suprema corte temos juízes ou palhaços que fazem um show de anos para não levar a nada ou para endossar a impunidade dos poderosos que podem dar-se ao luxo de infinitos recursos. O nome do grande poder é José Dirceu, já bandido, chefe de quadrilha e ainda poderoso, poder este que não pode ser comentado a céu aberto, fosse outro, nunca existiria tanta celeuma. O que é absurdo e não se fala? Primeiro é o fato de termos juízes ideológicos e partidários, na maior cara de pau! Toffoli é vassalo do PT, amigo pessoal do réu, e além de não se dizer impedido, outros participam da pantomima, fingindo que ele julga conforme a lei e não conforme a conveniência do amigo e antigo patrão e patrono, é um acinte! O papel de revisor de Lewandowsky foi patético, deixou claro que não defende uma tese mas um réu, independente do que diga a lei, os novos, Fux, Zavasky e Barroso foram colocados no cargo claramente para serem vassalos, mas Fux rebelou-se e foi lembrado publicamente que teve que fazer rapapés a José Dirceu para ser empossado no cargo… os outros não se rebelaram. O mensalão era a cooptação do legislativo de forma lateral, o que ocorre hoje no supremo? Existe analogia? É o mesmo chefe de quadrilha?


Claro! Claríssimo!!!
O STF de hoje é uma descarada prova que o MENSALÃO continua com outro “modus operandi”. O STF de hoje tem uma maioria de sinistros indicados por Lullacorleone E SUA CACHORRINHA  VIRA-LATA RAIVOSA AMESTRADA DILMACHÃO, o gangster-mor do PT, e que de maneira debochada e acintosa defendem os delinqüentes CONDENADOS como cães danados!



E até a recompensa “mensaleira” antecipada sai  até publicada em diário oficial, 2,05 milhões de reais sem licitação para um BOSTA DE BARRO SINISTRO e por analogia os outros devem “ganharem” o mesmo bocado de outras imundas formas.
É a desmoralização  extrema do “Cartorio do PT” ,digo, o supremo cartório.
Um esgoto a céu aberto a contaminar mortalmente com suas imundícies o que resta de decência neste ultimo bastião de Justiça. Celso de Melo é a ultima comporta. Se ceder a contaminação NAUSEABUNDA E DEGRADANTE deste esgoto então ESTÁ TUDO ACABADO!

 

Zé Dirceu e a gang do Lullacorleone venceram e assim o Brasil decente estará literalmente entregue a barbárie de uma Gang de meliantes  aboletados no poder mediante o império da corrupção e da impunidade. A LEI MORREU,VIVA A ANOMIA!

Mais que decisão técnica, Celso de Mello tem um dever moral, mostrar a quem se verga o poder da corte, à lei como deve ser, ou aos poderosos. A nós cidadãos resta apenas a rebelião, a guerra civil contra os demiurgos que se pretendem donos do estado, corrompendo todas as instituições e aniquilando o contrato social que é a nossa  CONSTITUIÇÃO FEDERAL DE 1988 e assim tentarÃO, mais uma vez, a instauração de uma  DITADURA COMUNISTA CHEFIADA PELO DITADOR LULLADRÃO  para poderem roubar e “entregar” o Brasil sem nenhuma oposição ou impedimento , o que nos transformará em escravos e miseráveis como os ex-habitantes da extinta URSS e os paises  Europeus do extinto bloco comunista de Varsovia, Albania, ex-Yugoslávia  ,ficaremos iguais aos cubanos miseráveis e aos já escravizados venezuelanos.






A HORA É DE GRITAR, DE IR A RUAS E RESISTIR! ENFRENTAR A PAUS E PEDRAS,CACÊTE ,O QUE FOR PARA EXPULSAR OS BLACK BLOCS DAS RUAS , BADERNEIROS COMUNO-FASCISTAS DO PT E ASSIM O POVÃO DECENTE  RETOMAR SEU DIREITO DE PROTESTAR  ATÉ DERRUBAR PELA FORÇA MESMO, JÁ QUE NÃO HÁ MAIS LEI ,ESSES CONDENADOS DELINQUENTES E SEUS ASSECLAS ENCASTELADOS NO “PUDÊ” ,
 A JUSTIÇA FOI ASSASSINADA POR ESTES CRÁPULAS... ESTA MORTA! A IMPUNIDADE REINA, NÃO HÁ MAIS QUEM INTERCEDA PELA ORDEM,PELA CONSTITUIÇÃO E PELA NAÇÃO VILIPENDIADA POR ESTES APÁTRIDAS  INFAMES!





AS FFAA ATÉ ESTE MOMENTO GRAVÍSSIMO CONTINUAM INERMES EM SEU MAIS PROFUNDO E ABJETO MERGULHO NA SARJETA DA IGNOMÍNIA E DA COVARDIA.
O POVO BRASILEIRO ESTÁ ABANDONADO!

SÓ RESTA NÓS MESMO!  A LUTA AGORA OU A ESCRAVIDÃO COMUNISTA AD AETERNUM...

  HOJE,DIA 18 É O DIA!!!
AS RUAS! AS RUAS!
FORA PT! FORA LADRÕES!!!























P.S
ATT. CELSO DE MELO
O SANGUE A SER DERRAMADO NESTA LUTA FATRICIDA QUE JÁ COMEÇOU DESDE JUNHO PASSADO NAS RUAS DE TODO O BRASIL  CAIRÁ SOBRE SUA CABEÇA E MANCHARÁ A SUA ALMA INDELEAVELMENTE... SE BANHARÁ NELE NO INFERNO!!!, COM SANGUE DOS BRASILEIROS QUE VÃO TER QUE IR AO EXTREMO  DO SACRIFICIO MAXIMO PARA FAZER O QUE VC COVARDEMENTE NÃO FEZ!!!
DETER A CANALHA DELINQUENTE COMUNISTA QUE QUER ACABAR COM NOSSA PÁTRIA ,MATAR SEUS CIDADÃOS DECENTES E ESCRAVIZAR O RESTANTE.
NÃO PASSARAM EM 1935, NÃO PASSARAM TAMPOUCO EM 1964 E AGORA É QUE  REALMENTE
“NÃO PASSARÃO!”




Real Time Web Analytics