texto inicial

MINHA ESPADA, A PALAVRA...
MEU ESCUDO,A FÉ!
MINHA VIDA, O BOM COMBATE
MEU CAMPO DE BATALHA, AQUI...



"Ainda que teus passos pareçam inúteis, vai abrindo caminhos,como a água que desce cantando da montanha. Outros te seguirão."...
(Saint-Exupéry)


.

“E não sejais cúmplices nas obras infrutíferas das trevas; antes, porém, reprovai-as”.

Efésios cap 5 vers. 11

.ptitanic

.ptitanic

13 DE MAIO

HOJE, 13 DE MAIO
LOUVADO SEJA O
DIA DE NSA. SENHORA DE FÁTIMA!
CUJOS AVISOS CONTRA COMUNISMO NO MUNDO DADOS EM 1917 FORAM BEM CLAROS E SE EFETIVARAM DE FATO.
DAMOS GRAÇAS A TÍ MARIA POR TER LIVRADO O BRASIL DO PETISMO COMUNISTA DELINQUENTE E QUE COM SUA DIVINA PROTEÇÃO NUNCA MAIS VOLTARÁ A NOS AMEAÇAR NOVAMENTE.

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

É REAL E VEM A CAMINHO DA TERRA!



Dyomin Damir Zakharovich, cientista da NASA, garante que corpo celeste colidirá com o planeta Terra.
O cientista russo Dyomin Damir Zakharovich, da #Nasa, afirma que a vida no planeta Terra será extinta no dia 16 de fevereiro de #2017.
Zakharovich diz que seus cálculos confirmam que um corpo celeste, batizado de ”2016 WF9”, que vem sendo monitorado pela NASA, e que possui cerca de um quilômetro de diâmetro, está em rota de colisão com a Terra.
A NASA confirma a existência do corpo celeste, grande e escuro, que ainda não possui uma identificação precisa – pode ser um asteroide ou cometa – e afirma que este está se aproximando da Terra, porém, que passará perto da órbita da Terra no dia 25 de janeiro e não colidirá com o planeta. Para Zakharovich, no entanto, a Nasa sabe que seus cálculos sobre a colisão estão corretos, mas não fala nada a respeito.
Segundo ele, o WF9 tem vindo em direção à Terra desde 2011e acertará nosso planeta, em cheio, no dia 16 de fevereiro, porém não há como prever onde. Caso caia num continente, o choque causará explosões e deslocamento do ar e acabará com tudo que houver a sua volta. Se cair no oceano, poderá causar uma tsunami de proporções assustadoras. Quedas de asteroides podem desestabilizar também a órbita do planeta, modificar seu eixo rotacional e causar colapso de placas tectônicas, podendo ocasionar terremotos e outros desastres em cadeia.
A NASA diz que, de acordo com seus cálculos, o WF9 passará a 51 milhões de quilômetros da Terra, e que por essa razão, não há motivo para ficarmos alarmados. Como comparação, a agência espacial americana lembra o asteroide ”2016 RB1”, que passou raspando pela Terra em Setembro, à 40 mil quilômetros da superfície, uma distância quase 10 vezes menor do que a distância da Terra até a Lua.
A informação sobre o WF9 estar em rota de colisão com a Terra reacendeu a polêmica do planeta Planeta X – ou Nibiru,para os teóricos da conspiração – que supostamente também estaria em rota de colisão com o planeta. No entanto, não existe nenhuma comprovação científica da existência de Nibiru, que estaria previsto para nos atingir em outubro deste ano.


É O FIM!










Um comentário:

Kiko Mullins disse...


1 – Todos os anos existem “notícias” destas. Os textos são sempre muito similares, mudando somente o nome do “cientista” e do asteroide em causa. Só cai sempre na mesma mentira quem anda muito distraído.
2 – Quem descobre e segue os asteroides, são os astrónomos. Por isso, notícias destas só podem ser verdade quando têm fontes astronómicas. Como sempre nestas “notícias catastróficas”, os links que se veem são de websites pseudo ou geridos por jornaleiros.
3 – Dyomin Damir Zakharovich é um nome inventado. Essa pessoa não existe. É um nome falso, inventado para uma notícia falsa, criado somente para fazer furor temporário entre os crentes destas tretas.
4 – A maior parte das “notícias” diz que esta personagem é astrónomo. Alguns websites até dizem que ele pertence à NASA. No entanto, se virem as primeiras notícias sobre esta treta, veem que esses primeiros textos dizem que ele abomina a NASA e que é um “auto-proclamado astrónomo auto-didacta”. Conclusão: nem é astrónomo nem é da NASA… e ele próprio o diz.
5 – A personagem é somente um crente religioso na fantasia do Nibiru, que tenta ser famoso à custa de cenários catastróficos.
6 – Como ele “sabe” de astronomia? Tudo o que “aprendeu” de astronomia foi a ler blogs e revistas conspiracionistas onde se fala no Nibiru. Para ele, isto faz dele um “astrónomo auto-didacta”.
7 – Não existe qualquer sistema Nibiru.
Mas caso existisse, nunca um asteroide demoraria somente 5 meses a sair de lá e a chegar ao nosso sistema solar. Qualquer objeto saído de outro sistema planetário, mesmo bastante perto de nós, demoraria pelo menos centenas de milhares de anos a chegar à Terra.
8 – O objeto 2016 WF9 tem entre 500 metros e 1 km de diâmetro. É demasiado pequeno para exterminar a Humanidade. O asteroide que dizimou os dinossauros teria pelo menos 10 km de diâmetro.
9 – As notícias sobre o 2016 WF9 nasceram com esta notícia da NASA: http://www.jpl.nasa.gov/news/news.php?feature=6712
Nessa notícia é explicado que a órbita do 2016 WF9 está bem determinada, e que esse asteroide (que tem provavelmente uma origem cometária) irá passar mais perto da Terra a 25 de Fevereiro de 2017, o que neste caso quer dizer que vai passar a 51 milhões de kms da Terra, ou seja, 150 vezes mais longe que a Lua!
http://www.ufo.com.br/noticias/-uma-farsa-a-noticia-de-um-impacto-de-asteroide-em-fevereiro

Real Time Web Analytics